Apresentado, Rodrigão se coloca à disposição para estrear no Bahia

0
72
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Apresentado nesta sexta-feira (7) como novo reforço do Bahia, Rodrigão ao escondeu a ansiedade para estrear logo pelo clube. O Atacante, contratado junto ao Santos já se colocou à disposição de Jorginho para enfrentar o Fluminense, no domingo (9), na Arena Fonte Nova.

“Pode contar comigo a qualquer hora. Tem jogo no domingo. Se for para estar no jogo, estarei. Darei a vida dentro de campo para ajudar o Bahia. Se depender de mim, estarei lá para defender o Bahia”, disse ainda a espera da sua regularização.

Baiano de Belmonte, o jogador iniciou a carreira em competições amadoras, como o Campeonato Intermunicipal e torneios municipais. Mas, o squadrão será seu primeiro clube profissional na Bahia.

“Coisa engraçada. Nunca passei por aqui. Virei profissional em Minas, no Democrata-MG, de Governador Valadares. Vi muito o Bahia jogar. Quando o Bahia jogou em 2007, em Belmonte, na pré-temporada, eu estava assistindo ao Bahia de cima do muro. Hoje, para você ver como o mundo da bola é pequeno, estou aqui no Bahia, para defender as cores do Bahia”, comentou.

O atleta, de 23 anos, também lembrou uma história com o atacante Fafá, de quem é amigo e assistiu um jogo contra o próprio Bahia. “Em 2007, eu não era profissional. Virei profissional em 2014, no Democrata. Quando o Bahia fez a pré-temporada, tinha um amigo meu que jogou, era o Fafá. Ele perdeu um pênalti contra o Bahia em 2007. Para mim aquilo era incrível. O sonho de qualquer garoto é jogar no profissional. Em 2007, quando vi o Bahia, era uma pressão muito grande. Depois de dez anos, olha onde estou, defendendo as cores do Bahia”.

Perguntado se já chega com expectativa de ser titular, Rodrigão mostrou humildade e admitiu que terá concorrência. “Em qualquer lugar que se vai tem concorrência. Me destaquei bastante no Campinense, de lá fui para o Santos. Se pegar os números de todos os jogos que fiz no Santos, fui bem, ajudei a equipe. Quando cheguei no Santos, no meio do ano, mostrei meu futebol, ajudei a equipe, e fomos vice-campeões. Depois iniciei a temporada muito bem, mas acontecem algumas coisas no futebol. Então, agora estou aqui no Bahia e vim mostrar meu trabalho”, encerrou.

Por: Galáticos Online

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA