Castro Alves: Funcionários de maternidade entram em greve

0
179

Os funcionários da maternidade de Castro Alves, no Recôncavo baiano, paralisaram as atividades nesta quarta-feira (15) por tempo indeterminado. Segundo o sindicato dos trabalhadores da saúde, o ato é devido a quatro meses de salários atrasados. Ainda conforme a representação sindical, a APMI, gestora da unidade, não tem cumprido com atendimentos e procedimentos, como Raio X, cardiologia, ginecologia, pediatra, ultrassonografia, e outros procedimentos. Há reclamações contra alimentação servida, além de falta medicamentos. A paralisação envolve enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, maqueiros, nutricionistas, agentes de limpeza e porteiros. O sindicato também disse que a APMI alegou o não repasse de verbas pela secretaria estadual da saúde.

 

Por: Bahia Notícias

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA